Arquitetura & Construção Civil Posts

5 motivos para usar chapas de PVC expandido em seus projetos

Quando falamos em reformas ou acabamento de construções, diversos materiais estão disponíveis no mercado para tornar os espaços mais bonitos, agradáveis e aconchegantes. 

Cada vez mais populares, as chapas de PVC expandido são uma excelente opção para diversos projetos, sejam eles em ambientes residenciais, industriais ou até mesmo em peças de comunicação visual, moda, medicina, entre outras. 

Além da versatilidade, o material é resistente a impactos, o que prolonga sua vida útil. O policloreto de vinil – nome oficial do polímero – também é auto-extinguível, ou seja, destrói a si mesmo em caso de incêndio, não propagando chamas. 

Apesar de não ser impermeável, pode ser utilizado sem problemas em ambientes externos, que têm contato com a chuva, porque apresenta boa resistência à água, umidade e não racha, empena e nem descasca, mesmo quando exposto a esses fatores. 

Todos esses pontos fazem com que o PVC tenha ótimo custo benefício, principalmente se comparado a outros materiais similares, como o poliestireno (PS) que, embora seja mais barato, é bastante rígido e se torna mais propenso a quebras.

Além disso, por não ser maleável, as aplicações do PS não são tão simples quanto as de PVC, que podem ser facilmente cortadas e moldadas para se encaixarem em diferentes espaços e ângulos. 

Quer descobrir mais sobre as vantagens das chapas de PVC expandido e os motivos para utilizá-las em seus projetos? Acompanhe! 

Manutenção simples

Como exposto anteriormente, as chapas de PVC são bastante duráveis por terem boa resistência à agentes destrutivos, o que faz com que não precisem ser substituídas periodicamente. 

Para isso, é claro que alguns cuidados são necessários para garantir a vida útil e a beleza das peças, mas nada de preocupações exageradas! 

Para manter o material limpo, basta utilizar pano seco para retirar excesso de pó ou outras sujidades que possam estar na superfície das peças. No caso de sujeiras mais pesadas, é só utilizar pano levemente umedecido com detergente neutro e passar suavemente sobre o local. 

Em caso de necessidade de manutenções mais cuidadosas, a recomendação é seguir as indicações dos fabricantes e sempre evitar a aplicação de materiais abrasivos para não causar danos à estrutura e pintura das peças. 

Ainda assim, o fato da manutenção ser simples e prática de ser feita por qualquer pessoa faz com que o uso do PVC seja mais vantajoso – financeiramente falando – não apenas no momento da instalação, mas também no longo prazo.

Instalação fácil e limpa

E, por falar em facilidade, nada melhor do que uma instalação prática, rápida, sem sujeiras nem quebra-quebra. 

Quem já passou por obras em casa ou no trabalho sabe o quanto o período pode ser estressante e parecer infinito, ainda que dure poucos dias ou semanas. 

Com as chapas de PVC expandido, você não tem essa preocupação. Via de regra, basta encaixar as placas para que se adequem ao local da instalação e fixá-las com cola própria para o material. 

Quando feita por um profissional especializado e qualificado, dependendo das dimensões da obra, a montagem pode ser feita em algumas horas, sem deixar resíduos. 

É por isso que chapas 3D e pisos vinílicos têm sido escolhidos para decoração de interiores. 

Além de serem esteticamente atrativos e terem boa durabilidade, são muito menos trabalhosos do que opções similares como placas de gesso e pisos de madeira, que têm instalações mais complexas e demoradas. 

A mesma lógica se aplica às peças de comunicação visual, que podem ser fixadas no local desejado com colas ou adesivos específicos, sem a necessidade de perfurações que danificam a estrutura. 

Tudo isso apenas demonstra que o PVC expandido é uma ótima opção! Afinal, quem não quer praticidade para economizar tempo e ganhar em qualidade, não é mesmo?

Bom isolamento térmico e acústico

As chapas de PVC criam uma espécie de camada protetora contra ondas de calor, frio e som nos locais onde são aplicadas. 

Por isso, o material pode ser empregado em espaços que desejem diminuir os problemas decorrentes de vazamento de som ou mudanças de temperatura. 

Tudo isso dá ao PVC a habilidade de tornar os ambientes mais aconchegantes e confortáveis, uma vez que melhora características que podem ser incômodas para a maioria das pessoas. 

Atualmente, como existem opções de placas de PVC expandido em diversas cores e formatos, é possível, ainda, unir o útil ao agradável, isolando o ambiente sem perder a sofisticação e beleza da decoração. 

Sustentabilidade

Não é mais possível ignorar o quanto a questão ambiental tem sido parte de nossas vidas e assunto de extrema relevância na mídia, escolas e empresas que desejam fazer do mundo um lugar melhor para se viver. 

Portanto, ao escolhermos os materiais necessários para criação de novos produtos ou para as reformas citadas anteriormente, não podemos deixar de prestar atenção ao nível de sustentabilidade de cada um. 

Infelizmente, ainda existem opções que, para serem fabricadas, dependem da extração e do uso de uma grande quantidade de material fóssil, como o petróleo, por exemplo. 

Outras opções, como o gesso, ainda não encontram meios de passarem pelo processo de reciclagem no Brasil, o que gera problema de resíduos que podem acabar poluindo a natureza. 

Nenhum desses problemas ocorre com o PVC. Embora tenha porcentagem de eteno em sua composição – composto derivado do petróleo – o policloreto de vinil é majoritariamente composto pelo cloro obtido a partir da eletrólise do sal marinho, que é um recurso natural e inesgotável. 

Além disso, esse polímero é 100% reciclável, podendo ser utilizado em outros projetos após sua remoção e, com o descarte correto, pode até mesmo gerar renda para cooperativas de reciclagem que empregam milhares de pessoas em todo o país. 

Excelente acabamento 

Por si só, as chapas de PVC já têm um acabamento cuidadoso e bem feito, com superfície totalmente lisa.

Por isso, em projetos em que seja necessário adesivar, laminar, serigrafar ou imprimir uma imagem ou texto com boa visibilidade e de maneira legível, as placas são uma ótima opção pois aceitam todos esses processos sem causar distorções. 

Assim, você garante não apenas algo durável, mas esteticamente agradável e que cumpra todas as suas necessidades e exigências. 

Onde encontrar chapas de PVC?

Para tudo isso e muito mais, tenha certeza de adquirir suas chapas de PVC expandido com um distribuidor de PVC confiável e que possa assegurar a procedência dos materiais, como a Actos!

Há 25 anos atuamos na distribuição de produtos como o próprio PVC expandido, mas também policarbonatos diversos, acrílico, poliestireno, alumínio composto, PETG, PVC rígido, polietileno, vinil, adesivos e muito mais! 

Toda nossa produção tem como compromisso alto padrão de qualidade, com entrega rápida e atendimento qualificado. 

Entre em contato conosco pelo site, faça seu orçamento e saiba mais! Temos condições de pagamento diferenciadas para seu conforto. Na Actos você é especial!

Policarbonato na arquitetura: conheça soluções translúcidas

O policarbonato é um dos materiais mais utilizados em projetos arquitetônicos, de design e da construção civil. Sua versatilidade se deve às inúmeras propriedades que o tornam, ao mesmo tempo, esteticamente atrativo, resistente e barato. 

Trata-se de um termoplástico, ou seja, um polímero que se torna muito maleável quando aquecido e que retoma sua dureza original quando resfriado. Por isso, é possível empregá-lo em superfícies retilíneas, mas também nas curvas e irregulares. 

Outra característica bastante relevante é sua leveza, o que faz com que o policarbonato possa ser utilizado em lugares que tenham restrição de peso, sem que haja necessidade de fazer qualquer modificação na estrutura. 

O material também é muito seguro, resistindo à variação de temperatura e ao impacto. Embora seja um tipo de plástico, não propaga chamas, uma vez que  é autoextinguível, o que reduz riscos em caso de incêndio.

Além de todas essas vantagens, um atributo que faz com que as chapas de policarbonato sejam um dos melhores materiais é sua ótima transmissão de luz.

Com ela, é possível conferir um visual mais natural e aconchegante ao ambiente, além de permitir redução no uso da energia elétrica, o que é muito importante para para o custo benefício da obra. 

A capacidade de translucidez varia de acordo com o tipo de chapa utilizada e a cor escolhida, como você pode conferir a seguir: 

Policarbonato alveolar

As chapas de policarbonato alveolar, também conhecidas como twall, têm alvéolos em sua composição, com aparência que lembra a do vidro canelado. Ideal para coberturas, divisórias, forros, entre outros. 

Cores e índice de transmissão de luz:

  • Azul: 27%
  • Branco leitoso: 40%
  • Bronze: 35%
  • Cristal: 80%
  • Fumê: 20%
  • Verde: 62%

Policarbonato compacto

O policarbonato compacto é a versão mais nobre do material, essas placas são lisas e sua aparência lembra muito a do vidro.

Além de coberturas e divisórias, o policarbonato compacto é encontrado em luminosos, peças de comunicação visual, viseiras de capacete e outros projetos que precisem de boa capacidade óptica. 

Cores e índice de transmissão de luz: 

  • Azul: 29%
  • Branco leitoso: 29%
  • Bronze: 52%
  • Cinza reflexivo: 22%
  • Cristal:89%
  • Fumê: 22%
  • Verde: 78%

Policarbonato corrugado

Há ainda o policarbonato corrugado, que tem formato de telhas e é ideal para coberturas em geral, sendo bastante fino, com forte apelo visual e taxa de transmissão de luz que varia entre 35% e 89%. 

É importante lembrar que todas as chapas de policarbonato passam por tratamento UV, o que as torna capazes de reter quase 100% da radiação advinda dos raios ultravioleta, que são prejudiciais à saúde.

Esse tratamento também aumenta a vida útil do material, o tornando resistente a chuva, sol intenso, e outras intempéries.

Todas essas características fazem com que o policarbonato seja a melhor opção para soluções translúcidas na arquitetura! Conheça mais sobre elas abaixo.

Luz difusa na arquitetura

A luz, seja ela natural ou artificial, é elemento indispensável no projeto arquitetônico, tanto para questões estéticas quanto funcionais.

É ela que vai dar aquele toque a mais ao ambiente, passando uma maior sensação de aconchego e até mesmo de sofisticação, além de permitir melhor aproveitamento da luz do dia e economia de energia por conta disso. 

Quando falamos de luz difusa, estamos nos referindo a uma forma de iluminação ampla e ao mesmo tempo suave, que pode ser feita de forma artificial ou natural.

No último caso, é preciso difundir a luz do sol que entra por uma cavidade – janela ou porta – com uso de material adequado, que pode ser uma chapa de vidro, acrílico ou policarbonato. 

Como dito anteriormente, o policarbonato apresenta inúmeras vantagens em relação aos outros dois materiais, chegando a ser 86 vezes mais leve que o vidro e 40 vezes mais resistente do que o acrílico

Além disso, o policarbonato tem ótima durabilidade, não sendo necessário muito empenho em sua manutenção, basta fazer a limpeza com água e detergente neutro sempre que necessário. 

Para utilizar o polímero em seu projeto de iluminação difusa, basta aplicá-lo estrategicamente em vãos, luminárias e outros fechamentos de forma a permitir a passagem de iluminação, mas não de forma direta. 

Nesse caso, as chapas de policarbonato mais indicadas são as de policarbonato prismático ou alveolar

Onde usar iluminação difusa com policarbonato?

A iluminação difusa com policarbonato pode ser aplicada em diversos ambientes. 

Em casa, seu uso permite uma sensação de maior aconchego e conforto, especialmente em ambientes como a sala de estar, onde são realizadas várias atividades, como leitura, assistir um filme na TV, bater papo com as visitas, entre outros. 

Para isso, é possível utilizar painéis de policarbonato com armação metálica. Mesclados com paredes de alvenaria ou madeira, o visual é bastante sofisticado e permite a entrada de luz de forma suave e eficiente. 

Também é possível fazer esse tipo de aplicação no teto da construção, desde que não haja nada bloqueando a entrada de luz natural, como outro andar ou estrutura localizada acima do ambiente a ser iluminado.

Em espaços como quadras esportivas, ginásios, estádios, indústrias e comércios também é possível utilizar a luz difusa. Nesses casos, a aplicação geralmente é feita na parte superior da obra, em uma faixa anterior ao teto ou até mesmo nele próprio. 

O principal benefício nesses casos é puramente funcional, melhorando a iluminação dos espaços e permitindo reduções significativas nos gastos com energia elétrica. 

Onde comprar chapas de policarbonato?

Com a Actos você tem a garantia de qualidade e alto padrão de fabricação e segurança de todas as peças. 

Estamos presentes em Santo André, onde fica localizada nossa matriz, e também em Curitiba, Belo Horizonte, Goiânia, Fortaleza, Distrito Federal e Santa Bárbara D’oeste, no interior do estado de São Paulo. Com 25 anos de atuação e experiência, a Actos está preparada para te atender e tirar todas as suas dúvidas. Entre em contato conosco, visite nosso site e conheça nosso catálogo. Aqui você é especial!

Placa de PVC é um dos materiais mais usados do mundo: entenda como usar nos seus projetos residenciais

O PVC é um dos materiais mais conhecidos e falados do mercado. No entanto, muitos não sabem o que é este componente, quais suas características e onde podem ser usados com segurança. 

Por isso, criamos este conteúdo para explicar estas e outras informações importantes sobre este material. O PVC, portanto, é a sigla usada para policloreto de vinila, um polímero de adição.

Este material é o resultado da reação de polimerização de cloretos de vinila (cloroeteno). O que isso quer dizer? Como na maioria dos outros polímeros de adição, a formação do PVC se dá pelo rompimento da ligação dupla entre os carbonos que permite a formação de ligações simples entre as moléculas do cloreto de vinila.

Embora a sua composição pareça complexa e técnica, o importante é que as placas de PVC são um grande sucesso mundial, o segundo termoplástico mais consumido no mundo inteiro – basicamente, são produzidas cerca de 25 milhões de toneladas por ano deste material.

Isso porque o PVC apresenta inúmeras vantagens para os mais variados segmentos da economia, tanto um alto potencial econômico no mundo. Deste modo, a demanda por este material é grande e tende a crescer mais a cada descoberta.

De tempos em tempos surgem novas utilidades para ele, o que é ótimo, pois o material apresenta diversos benefícios e pode ser 100% reciclado, se tornando uma opção mais ecologicamente correta. 

Saiba mais sobre o PVC!

Principais características e benefícios

A chapa de PVC é um produto diferenciado, mais qualificado que a grande maioria dos outros materiais disponíveis no mercado. Por isso, inclusive, ele substitui a borracha, alumínio,  cobre, alvenaria, cerâmica, vidro,  madeira e mais.

O que muitos não sabem é que existem dois tipos de PVC, o expandido e o rígido. O primeiro é um material leve, utilizado, principalmente, no segmento de comunicação visual devido a sua facilidade em ser pintado.

Já o PVC rígido é indicado para projetos que exigem maior resistência do material. De qualquer forma, ambas as alternativas são vantajosas e de alta qualidade. 

Dentre suas principais características, o PVC é atóxico, inerte, seguro, sólido, impermeável, não propaga chamas, produzido com baixo consumo de energia, entre outros fatores que os tornam a melhor alternativa do mercado.

Este material oferece inúmeras vantagens, um dos conhecimentos mais importantes para aqueles que desejam utilizá-los em seus projetos. Por exemplo: o material tem excelente durabilidade, é reciclável, resistente a ação de fungos, bactérias, insetos e roedores.

Também apresenta alta resistência a choques, a maioria dos reagentes químicos e as principais intempéries, como a ação do clima – fundamental em aplicações externas.

Outro ponto positivo é que o PVC é um bom isolante térmico, elétrico e acústico. Sendo assim, caso ele seja utilizado em forros, por exemplo, o ambiente não ficará muito quente ou frio, não sofrerá com barulhos externos, entre outras vantagens – como, por exemplo, ser impermeável a gases e líquidos. 

Não dá para negar que estes benefícios são incríveis, no entanto, o ponto positivo que mais se destaca é sua versatilidade.

O PVC pode ser usado nos mais diversos segmentos (como na produção de fraldas para bebês, na produção de calçados, mangueiras, guarda-chuvas, cortinas e toalhas de mesa, até em cabos elétricos, no ramo alimentício, nas indústrias, estofamento de automóveis e muito mais). 

Porém, por volta de 70% do uso do PVC do mundo é voltado aos segmentos de arquitetura e construção civil. Em obras, este material já é bastante conhecido, nas tubulações de água, esgoto e outros.

E na arquitetura? Você sabe como usá-lo nos seus projetos, em especial, nos residenciais? Entenda!

PVC em projetos residenciais: saiba mais!

Como mencionamos, o PVC pode ser usado nos mais diferentes projetos do mercado, mas é um grande destaque na área da arquitetura e design de interiores, o que intriga muitas pessoas que estão acostumados a ouvir sobre este material dentre das paredes ou fabricação de produtos.

No Brasil, o PVC vem se tornando uma das melhores opções para projetos residenciais, destacando uma forte tendência de modernização da construção civil no país.

O PVC ocupa cada vez mais os espaços nobres dos ambientes, como nas portas, janelas, esquadrias, divisórias, itens decorativos, móveis, perfis, revestimentos, pisos, forros, papéis de parede, sidings, decks, lambris, entre outros.

O motivo para tanta versatilidade nos projetos residenciais é simples: o PVC atende às exigências técnicas e estéticas de projetos contemporâneos, modernos e bonitos.

São excelentes para reformas, restauração e até reposição de peças em edifícios do patrimônio histórico, por exemplo. O potencial do PVC é enorme e tende a aumentar mais a cada dia!

PVC é na Actos

Se está convencido de que o PVC é o material ideal para seus projetos, então procure por empresas que o comercializam com qualidade e confiança. Somente assim, terá a garantia de todos os benefícios citados.

Uma ótima opção é a Actos, uma empresa tradicional, referência nacional neste segmento. Comercializamos PVC de alta qualidade, tanto o expandido como o PVC rígido.

Saiba mais a diferença entre eles em nosso site e blog. Enviamos para todo Brasil com a confiança, entrega rápida e segura que seus projetos precisam. Entre em contato!

Se quiser saber mais sobre o material, nosso blog está recheado de conteúdos sobre o PVC. Acesse agora mesmo!

O que é ACM? Quais as vantagens e aplicações desse material?

O alumínio composto, mais conhecido como ACM, é um dos materiais mais utilizados em diversos segmentos do mercado, em especial, para produções de comunicação visual.

É um revestimento de alta resistência composto por duas chapas de alumínio sob tensão e uma de polietileno de baixa intensidade em seu núcleo, conhecido por ser leve, bonito e apresentar inúmeras vantagens aos projetos.

Podemos não perceber, no entanto, temos contato com este material todos os dias. Inclusive, podemos garantir que é praticamente impossível não vermos nada produzido por ACM atualmente, especialmente porque a grande maioria dos estabelecimentos bem sucedidos têm fachadas feitas por este material.

Bancos, farmácias, concessionárias de veículos e famosas redes de fast food, por exemplo, utilizam as fachadas de ACM. Talvez seja por isso que esses estabelecimentos chamem tanto a nossa atenção.

Mas, afinal, o que é o ACM? Como é feito e quais suas aplicações?  Embora seja um material conhecido, devemos aprofundar nosso conhecimento sobre o assunto antes de realizar qualquer projeto.

Assim será possível compreender como usá-lo da melhor forma, quais os cuidados necessários para mantê-lo bonito por mais tempo, quanto é sua vida útil e muitas outras informações importantes.

Se você quer saber essas e outras informações sobre o ACM, acompanhe este conteúdo, porque está recheado de detalhes importantes sobre este material!

ACM: tudo sobre este material

O básico da composição do ACM você já sabe. Mesmo assim, é importante compreender alguns outros detalhes – dado que a grande maioria dos benefícios desse material são decorrentes do tratamento que recebe. 

Então, o ACM é um revestimento em alumínio pintado ou anodizado – um processo em que as chapas são imersas em um banho eletrolítico. 

Além disso, suas duas chapas de alumínio e o núcleo termoplástico de polietileno de baixa densidade são colados por meio de um procedimento sofisticado que envolve adesivos químicos a altas temperaturas.

O resultado desses procedimentos é um material com excelente uniformidade, resistência e qualidade estética.  É dobrável, flexível, resistente, conta com fácil limpeza e manipulação. 

O ACM pode durar até 5 anos, já que não sofre facilmente desgastes com o tempo. Sendo assim, é uma opção que se destaca no mercado, muito melhor do que outros materiais disponíveis.

É de imaginar que tenha diversas aplicações, o que é verdade. Você pode usá-lo em varandas, túneis, fachadas comerciais, painéis publicitários, coberturas, em recepções, pilares, marquise, tótens, logotipo, testeiras, itens de PDV e muito mais. 

Fora seus próprios atributos, o ACM também pode receber LED, texturas e formatos diversos. É um material que se adapta facilmente às necessidades de cada projeto. Inclusive, o ACM se tornou um queridinho dos designers de interiores.

Isso porque ele está sendo aplicado em inúmeros projetos de lojas e restaurantes modernos, para trazer um ar de novidade, pontos de cor e outras texturas para a decoração dos ambientes. 

É um material que permite personalização

O ACM é feito com lâminas de alumínio de diferentes espessuras de acordo com cada projeto (assim como os métodos de acabamento, pintura e modelagens). Além disso, é possível personalizá-los de artes e layouts exclusivos, com formas e medidas únicas. 

Sendo assim, é uma ótima alternativa para empresas e projetos comerciais que precisam realizar fachadas. 

Essa condição personalizável do material é um grande diferencial, porque o qualifica como uma das melhores soluções para criação de revestimento para fachadas comerciais e residenciais – além de outros itens de comunicação visual, produtos de PDV, placas de sinalização e projetos especiais. 

Outro ponto importante é a manutenção desses materiais. É prática, rápida e pouco custosa.

Entenda como funciona esse outro grande diferencial do ACM.

Como a manutenção do ACM é feita

Como dissemos, o ACM é um material resistente. Por este motivo, dificilmente quebrará ou precisará de consertos. 

O único cuidado relacionado a ações preventivas que as pessoas devem ter é a limpeza, que é super simples de fazer.

Essa limpeza pode ser feita com água e sabão neutro. Será preciso molhar o material e depois aplicar essa mistura em movimentos circulares com buchas ou  esfregões macios. 

Depois é só deixar o material secar com o tempo. Se for necessário remover algum resíduo mais difícil, o mais indicado é utilizar o álcool isopropílico, que é fácil de ser encontrado.

Ou seja, é uma manutenção simples e fácil, que não exige a contratação de pessoas experientes no assunto – o que sai mais em conta do que a manutenção de outros materiais.

Onde comprar ACM? Na Actos!

Na Actos você encontra esse material e muitos outros. Somos especializados na distribuição de produtos semi-acabados e acabados como chapas termoplásticas de policarbonato compacto, telhas de policarbonato, policarbonato alveolar, acrílico, PVC, PS, entre outros.

Oferecemos a confiança que empresas precisam para comprar materiais exigidos em projetos comerciais e residenciais. Conte com a gente! Entregamos para todo o Brasil de forma rápida, segura e confiável.

Nosso atendimento é formado por profissionais especializados para que todos sintam-se à vontade em contatar nossa equipe para tirar suas dúvidas e encontrem as soluções que precisam.

ACM: Este material exige manutenções constantes? Entenda!

O ACM está em alta no mercado, sendo amplamente utilizado no segmento de comunicação visual. Pode não ser um material muito conhecido pelo nome, mas é muito popular pelo seu acabamento, qualidade estética e facilidade de manutenção.

É, de fato, um material inovador que está se consolidando como a melhor alternativa para projetos de comunicação visual, especialmente para a criação de fachadas imponentes e bem elaboradas de estabelecimentos comerciais (ou até mesmo residenciais).

Esse revestimento pode ser usado de inúmeras formas além das fachadas de estabelecimentos, como em: recepções, postos de gasolina, em campanhas de PDV, sinalizadores e outros.

O sucesso desse material pode ser explicado por diversos fatores, os quais vamos conhecer em detalhes a seguir. No entanto, o principal é a facilidade de manutenção. Essa é uma preocupação comum, dado que muitas vezes não temos tempo e recursos suficientes para manter materiais que exigem manutenções constantes.

A praticidade é uma prioridade atualmente. Sendo assim, uma das dúvidas mais frequentes sobre ACM é: esse material exige manutenções constantes? 

A resposta é simples, clara e objetiva: não. 

O ACM exige cuidados básicos, fáceis de serem feitos e muito práticos. Confira quais são as manutenções necessárias e outros fatores importantes sobre esse material.

O que é ACM? Qual sua composição e benefícios? Esclarecemos tudo isso e muito mais ao longo deste conteúdo!

ACM: o que é e quais são as manutenções necessárias

Material Composto de Alumínio (Aluminum Composite Material), mais conhecido pelo acrônimo ACM, é amplamente conhecido por seus benefícios e aplicações. Sua composição é diferenciada de tudo que há no mercado, por isso tem grande destaque na produção de fachadas, marquises, coberturas, PDV, entre outros produtos.

O material é composto por duas chapas externas de alumínio tratadas e uma chapa de polietileno no meio. Em sua composição há um núcleo termoplástico de pouca densidade e grande nível de qualidade – o que oferece diversos diferenciais para o ACM. 

O conjunto de todos esses fatores gera um material de chapa leve, durável, forte e altamente resistente. Além de ter excelente uniformidade, beleza e maleabilidade. Isto é, por serem termoplásticos (maleáveis quando expostos a altas temperaturas e rígidas quando estão em baixas temperaturas), podem ser dobrados ou curvados.

Sendo assim, o ACM pode ser produzido em vários formatos, ampliando a suas alternativas de aplicações. Podem ter elementos cilíndricos, de formas geométricas variadas ou planas, por exemplo.

As chapas de ACM podem ter espessuras variadas de acordo com cada projeto, o que impacta nos indícios de conforto térmico e sonoro do local. Além disso, elas podem ter acabamentos e pinturas diferentes, imitando madeira, metal e cores variadas.

Todas essas vantagens tornam a chapa de ACM um dos materiais mais utilizados no mundo. Outro ponto super importante é a manutenção do material, que é simples, rápida e prática. Saiba quais os cuidados necessários!

O ACM exige manutenções?

Um dos pontos mais considerados na hora de selecionar o material utilizado nos projetos é a manutenção. 

As pessoas preferem aqueles que não dão trabalho no dia a dia e tampouco exigem a contratação de profissionais capacitados para manutenções constantes. 

Suas características também são responsáveis pela grande procura no mercado, especialmente para a produção de fachadas, itens de PDV, coberturas e outros produtos que ficam expostos ao público e precisam estar sempre bonitos (afinal, uma fachada feia, quebrada ou danificada não atrai cliente nenhum para o comércio – pelo contrário, só afasta). 

O ACM, portanto, é a alternativa mais indicada, dado que exige apenas um cuidado ao longo do tempo: a limpeza.

Por ser um material resistente ao clima e outras intempéries, dificilmente quebrará ou precisará de consertos. A limpeza será o único cuidado especial que as pessoas precisarão ter com o ACM e mesmo sendo só isso, não é um processo que precisa ser feito toda semana. A empresa deve entender quando essa manutenção é necessária ao visualizar o material. 

A recomendação é que, dependendo das condições climáticas da região, as limpezas sejam feitas a cada 6 meses. Há casos que exigem um ciclo mensal, porém, outros cenários são tão favoráveis que podem ser feitos apenas 1 vez ao ano.

O melhor de tudo é que você não vai precisar de produtos químicos específicos, já que o material requer lavagens apenas com água e sabão. 

A pessoa responsável por isso deve molhar o ACM e passar essa mistura com buchas ou esfregões macios que estejam umedecidos em movimentos circulares.

Depois, basta jogar água novamente e deixá-la secando com o tempo. Agora, para remover resíduos mais difíceis, o mais indicado é utilizar o álcool isopropílico, que é fácil de ser encontrado.

Viu? Praticidade é um dos diferenciais mais importantes do ACM. Um material com excelente custo-benefício e qualidades para o setor de comunicação visual.

Conheça a Actos

Somos uma distribuidora de diversas chapas termoplásticas e outros materiais há anos, o que fez da Actos uma referência neste segmento. 

Para projetos com ACM, conte com os nossos serviços!

Enviamos produtos para todo o Brasil! Temos entrega rápida, segura e altamente confiável. 

Confira nossos diferenciais e soluções em nosso site. Nosso atendimento está disponível para atendê-lo da melhor forma!