Policarbonato alveolar Posts

Policarbonato na arquitetura: conheça soluções translúcidas

O policarbonato é um dos materiais mais utilizados em projetos arquitetônicos, de design e da construção civil. Sua versatilidade se deve às inúmeras propriedades que o tornam, ao mesmo tempo, esteticamente atrativo, resistente e barato. 

Trata-se de um termoplástico, ou seja, um polímero que se torna muito maleável quando aquecido e que retoma sua dureza original quando resfriado. Por isso, é possível empregá-lo em superfícies retilíneas, mas também nas curvas e irregulares. 

Outra característica bastante relevante é sua leveza, o que faz com que o policarbonato possa ser utilizado em lugares que tenham restrição de peso, sem que haja necessidade de fazer qualquer modificação na estrutura. 

O material também é muito seguro, resistindo à variação de temperatura e ao impacto. Embora seja um tipo de plástico, não propaga chamas, uma vez que  é autoextinguível, o que reduz riscos em caso de incêndio.

Além de todas essas vantagens, um atributo que faz com que as chapas de policarbonato sejam um dos melhores materiais é sua ótima transmissão de luz.

Com ela, é possível conferir um visual mais natural e aconchegante ao ambiente, além de permitir redução no uso da energia elétrica, o que é muito importante para para o custo benefício da obra. 

A capacidade de translucidez varia de acordo com o tipo de chapa utilizada e a cor escolhida, como você pode conferir a seguir: 

Policarbonato alveolar

As chapas de policarbonato alveolar, também conhecidas como twall, têm alvéolos em sua composição, com aparência que lembra a do vidro canelado. Ideal para coberturas, divisórias, forros, entre outros. 

Cores e índice de transmissão de luz:

  • Azul: 27%
  • Branco leitoso: 40%
  • Bronze: 35%
  • Cristal: 80%
  • Fumê: 20%
  • Verde: 62%

Policarbonato compacto

O policarbonato compacto é a versão mais nobre do material, essas placas são lisas e sua aparência lembra muito a do vidro.

Além de coberturas e divisórias, o policarbonato compacto é encontrado em luminosos, peças de comunicação visual, viseiras de capacete e outros projetos que precisem de boa capacidade óptica. 

Cores e índice de transmissão de luz: 

  • Azul: 29%
  • Branco leitoso: 29%
  • Bronze: 52%
  • Cinza reflexivo: 22%
  • Cristal:89%
  • Fumê: 22%
  • Verde: 78%

Policarbonato corrugado

Há ainda o policarbonato corrugado, que tem formato de telhas e é ideal para coberturas em geral, sendo bastante fino, com forte apelo visual e taxa de transmissão de luz que varia entre 35% e 89%. 

É importante lembrar que todas as chapas de policarbonato passam por tratamento UV, o que as torna capazes de reter quase 100% da radiação advinda dos raios ultravioleta, que são prejudiciais à saúde.

Esse tratamento também aumenta a vida útil do material, o tornando resistente a chuva, sol intenso, e outras intempéries.

Todas essas características fazem com que o policarbonato seja a melhor opção para soluções translúcidas na arquitetura! Conheça mais sobre elas abaixo.

Luz difusa na arquitetura

A luz, seja ela natural ou artificial, é elemento indispensável no projeto arquitetônico, tanto para questões estéticas quanto funcionais.

É ela que vai dar aquele toque a mais ao ambiente, passando uma maior sensação de aconchego e até mesmo de sofisticação, além de permitir melhor aproveitamento da luz do dia e economia de energia por conta disso. 

Quando falamos de luz difusa, estamos nos referindo a uma forma de iluminação ampla e ao mesmo tempo suave, que pode ser feita de forma artificial ou natural.

No último caso, é preciso difundir a luz do sol que entra por uma cavidade – janela ou porta – com uso de material adequado, que pode ser uma chapa de vidro, acrílico ou policarbonato. 

Como dito anteriormente, o policarbonato apresenta inúmeras vantagens em relação aos outros dois materiais, chegando a ser 86 vezes mais leve que o vidro e 40 vezes mais resistente do que o acrílico

Além disso, o policarbonato tem ótima durabilidade, não sendo necessário muito empenho em sua manutenção, basta fazer a limpeza com água e detergente neutro sempre que necessário. 

Para utilizar o polímero em seu projeto de iluminação difusa, basta aplicá-lo estrategicamente em vãos, luminárias e outros fechamentos de forma a permitir a passagem de iluminação, mas não de forma direta. 

Nesse caso, as chapas de policarbonato mais indicadas são as de policarbonato prismático ou alveolar

Onde usar iluminação difusa com policarbonato?

A iluminação difusa com policarbonato pode ser aplicada em diversos ambientes. 

Em casa, seu uso permite uma sensação de maior aconchego e conforto, especialmente em ambientes como a sala de estar, onde são realizadas várias atividades, como leitura, assistir um filme na TV, bater papo com as visitas, entre outros. 

Para isso, é possível utilizar painéis de policarbonato com armação metálica. Mesclados com paredes de alvenaria ou madeira, o visual é bastante sofisticado e permite a entrada de luz de forma suave e eficiente. 

Também é possível fazer esse tipo de aplicação no teto da construção, desde que não haja nada bloqueando a entrada de luz natural, como outro andar ou estrutura localizada acima do ambiente a ser iluminado.

Em espaços como quadras esportivas, ginásios, estádios, indústrias e comércios também é possível utilizar a luz difusa. Nesses casos, a aplicação geralmente é feita na parte superior da obra, em uma faixa anterior ao teto ou até mesmo nele próprio. 

O principal benefício nesses casos é puramente funcional, melhorando a iluminação dos espaços e permitindo reduções significativas nos gastos com energia elétrica. 

Onde comprar chapas de policarbonato?

Com a Actos você tem a garantia de qualidade e alto padrão de fabricação e segurança de todas as peças. 

Estamos presentes em Santo André, onde fica localizada nossa matriz, e também em Curitiba, Belo Horizonte, Goiânia, Fortaleza, Distrito Federal e Santa Bárbara D’oeste, no interior do estado de São Paulo. Com 25 anos de atuação e experiência, a Actos está preparada para te atender e tirar todas as suas dúvidas. Entre em contato conosco, visite nosso site e conheça nosso catálogo. Aqui você é especial!

Policarbonato: conheça os dois tipos do melhor termoplástico do mercado

Policarbonato é um dos principais polímeros do mercado, junto com o Poliamida (PA) e Poliacetal (POM). É um termoplástico obtido por meio da polimerização, processo em que pequenas moléculas são ligadas para formar macromoléculas – também conhecidas como polímeros. 

Esse material é produzido por resinas de carbono, resultado de uma reação entre bisfenol e gás fosgênio. Na sua composição, há anéis aromáticos na cadeia principal da molécula que o tornam um material rígido e amorfo (sem forma).  

Por mais que pareça difícil, entender a composição deste material é importante para compreender suas vantagens e aplicações. O policarbonato se parece muito com o vidro quando em chapas lisas.

No entanto, são mais resistentes e transparentes do que esse produto. O fato é que o policarbonato está se popularizando no mercado e cada vez mais projetos utilizam esse material.

Este sucesso se dá pelos diversos benefícios que o policarbonato oferece aos ambientes. Além de ser versátil, possibilitando uma ampla gama de aplicações, como em telhas, chapas e outras formas.

O PC, como também é chamado, pode ser encontrado em diferentes cores, pela sua própria composição – desde as translúcidas, até as opacas sólidas. A qualidade estética deste material tem um nível elevado, ainda mais quando comparadas a outras do polímeros de engenharia.

Muitos vão procurar por este material no mercado e encontram dois principais tipos de policarbonato, o compacto e o alveolar. Saber a diferença entre eles é fundamental para conseguir projetos de alta qualidade.

A seguir, saiba mais sobre o policarbonato, quais os diferenciais entre os principais tipos desse material e suas aplicações. Também abordaremos outros modelos de policarbonato disponíveis na Actos.

Acompanhe.

Confira tudo que precisa saber sobre este material

O policarbonato foi produzido pela primeira vez entre os anos de 1898 e 1930. No entanto, ele não foi comercializado, dado que apresentavam alguns problemas, como a alta sensibilidade à degradação pela água. 

Em 1956 a Bayer desenvolveu uma resina termorrígida parecida, só que sem os problemas citados. Em 1958, a marca começou a comercializar o policarbonato. Desde então, o produto foi evoluindo e ganhando diversas aplicações.

Hoje em dia, são usados em projetos de prefeituras, como em pontos de ônibus e metrô, por exemplo. Também são encontradas em projetos de casas, condomínios e estádios de futebol, jardins, em pergolados, áreas gourmets, corredores, terraços e diversos outros espaços.

Também é um produto forte no segmento automotivo e industrial, usado em telas de proteção e até mesmo nas janelas dos automóveis. Como mencionamos, é um produto extremamente versátil, podendo ser ótimos substitutos para portas, divisórias de ambientes, toldos, coberturas e outras soluções. 

Entre os principais benefícios deste material estão a resistência, baixa absorção a umidade, é econômico, proporciona conforto térmico e acústico aos ambientes, é resistente à chamas em casos de incêndios, tem alta durabilidade (cerca de 5 anos) e ótima qualidade estética.

Outra característica muito interessante é: este material não exige muitas manutenções. Continue acompanhando e conheça as diferenças entre os tipos de policarbonato para entender qual é o melhor para o seu projeto. 

Policarbonato compacto e alveolar: quais as diferenças?

Esses dois modelos são os mais conhecidos de policarbonato – embora não sejam os únicos. O policarbonato compacto é o mais nobre encontrado no mercado.  É um produto leve, resistente e com ótima qualidade óptica. 

Este material é o que mais substitui o vidro, pois proporciona uma alta iluminação natural. São utilizados em coberturas, piscinas, clarabóias, displays, domus, no enclausuramento e proteção de máquinas, escudos anti-tumulto, viseiras de capacete e muito mais. 

Já o policarbonato alveolar tem cavidades ocas, o que o torna a opção mais leve deste material. É resistente, tem tratamento UV para garantir maior vida útil e proporciona boa luminosidade aos ambientes. 

O seu benefício mais atraente é a economia. A chapa de policarbonato alveolar é a mais acessível do mercado e pode ser usada em diversos tipos de projetos, como em divisórias, domus, estufas, fechamentos verticais, forros, gazebos, jardim de inverno, passarelas, pergolados e toldos.

Ambas as alternativas são boas, mas elas apresentam algumas características diferentes. Por isso, a escolha de qual material usar deve seguir as prioridades e necessidades de cada projeto.

Embora estes sejam os mais conhecidos, ainda há outros modelos de policarbonato. Confira!

Policarbonato corrugado e prismático

Na Actos, oferecemos mais dois tipos de policarbonato, que é o corrugado e o prismático. Estes modelos são menos conhecidos no mercado, mas igualmente vantajosos para determinados projetos.

As chapas de policarbonato corrugado são mais finas que os demais tipos e seu principal diferencial é o apelo visual. A beleza desse material é indiscutível e por ser mais fino, também tem um ótimo custo-benefício.

Essas chapas contam com tratamento UV em uma das faces, tem alta durabilidade e podem ser usadas em gazebos, garagens, jardins internos, toldos, pergolados, estufas e muito mais.

Já o policarbonato prismático conta com prismas em um dos lados da chapa. Com essa característica, esse tipo de chapa  é excelente para projetos que têm como prioridade transmitir e difundir a luz – é o melhor material para aproveitar a luz natural!

Também é leve, resistente a intempéries e com excelente qualidade estética. É utilizado principalmente em coberturas e domus. 

Chapas de policarbonato estão na Actos

A Actos é referência na distribuição e comercialização de chapas termoplásticas no Brasil. Oferecemos os mais diversos modelos de policarbonato para nossos clientes, incluindo as telhas desse material.

Compre com a gente. Contamos com entrega rápida, segura e um excelente atendimento para tirar suas dúvidas. Acesse nosso site ou entre em contato agora mesmo!

8 #DicasActos de Coberturas feitas com Policarbonato

8 dias de coberturas com policarbonato

Para garantir segurança, boa transmissão de luz, preço acessível e é claro, design impecável, uma boa ideia é apostar nas coberturas feitas com policarbonato.

Além de serem fáceis de instalar, também são fáceis de realizar curvatura (a frio), ajudando na hora de planejar a cobertura, onde se pode ter milhões de ideias que serão de fácil execução com o policarbonato.

Coberturas são, além de funcionais, itens decorativos para ambientes. Logo, é muito importante o planejamento completo do projeto antes de realizar efetivamente o serviço.

Trouxemos algumas ideias de como realizar a sua cobertura, seja ela cobertura para controle de calor, cobertura para vento/chuva, cobertura para garantir sombra ou simplesmente decorativa. Lembrando que recomendamos realizar a obra com um bom instalador e sempre utilizar policarbonato e acessórios com ótima qualidade.

 

 

Confira abaixo 8 coberturas feitas com policarbonato com design impecável:

1- Cobertura Retrátil

exemplo aplicação de Cobertura Retrátil feita em policarbonato
exemplo aplicação de Cobertura Retrátil feita em policarbonato

2- Coberturas para Lounges

exemplo aplicação de Cobertura em Lounge feita em policarbonato

3- Coberturas para Garagens

4- Coberturas dentro de casa e jardins de inverno

5- Toldos

Toldo Policarbonato

6 – Corredores e Passarelas

Corredores e Passarelas

7 – Coberturas em estações de ônibus e aeroportos

Em aeroportos e estações de metrô

8 – Coberturas em áreas de lazer

Áreas de Lazer

Agora, é só usar a criatividade e ter ideias incríveis para realizar sua cobertura com policarbonato!

A Actos trabalha com a mais completa linha de policarbonato e acessórios para instalação, conte com nossa equipe de vendas para dúvidas e orçamentos!

Gostou das nossas dicas? Acompanhem-nos nas redes sociais e blog para mais #DicasActos!

Aqui você é especial! 😉

Policarbonato em Coberturas: Confira os tipos e suas vantagens!

O uso do policarbonato em coberturas vem crescendo cada vez mais, e isso se dá por conta de diversos fatores positivos que esse material possui como facilidade na limpeza, longa durabilidade, facilidade na instalação e forte apelo visual.

Mas, você sabe qual o melhor tipo de policarbonato para utilizar em sua cobertura?

Os tipos mais comuns são compacto, alveolar, corrugado (telha) e prismático. Todos os citados são excelentes opções para projetos de coberturas. O que vai afetar na escolha é o visual desejado e a resistência que precisa.

A instalação pode ser com estruturas de alumínio, madeira ou aço, dependendo apenas da estética desejada.

Levando em conta algumas características únicas de cada material, é possível chegar a uma conclusão na hora da decisão final.

Policarbonato Compacto 

Policarbonato compacto tem sido o mais utilizado atualmente, competindo com o alveolar. Apesar da aparência ser muito semelhante a do vidro comum, o policarbonato compacto é muito mais leve e 250x mais resistente. Sua proteção UV (em um dos lados) deixa o material menos propicio ao amarelecimento. Esse material tem sido bastante usado não só para coberturas, mas também para enclausuramento de máquina, displays de comunicação visual, viseiras de capacetes, fechamentos laterais entre outras diversas aplicações. Fazendo a instalação com acessórios adequados e mantendo uma limpeza correta,você garante uma longa vida útil para o produto.

Hoje já possuímos diversas cores e espessuras de policarbonato compacto, prontas para atender suas demandas.

Policarbonato Alveolar (Policarbonato Twall)

Sua aparência da chapa de policarbonato alveolar é bastante semelhante ao vidro canelado, e por ter cavidades ocas seu peso é bem reduzido em relação ao compacto. Consequentemente, seu preço também é mais atrativo. Possui excelente resistência ao impacto, e também conta com um lado de proteção UV. Mesmo com as cavidades e seu visual não muito nítida, possui ótima transmissão de luz. Hoje também já possuímos diversas cores desse material, e sua espessura pode ser 4 mm,6 mm ou 10 mm.

Policarbonato Corrugado (Telha de Policarbonato)

  • Policarbonato Corrugado (Telha de Policarbonato)

As telhas de policarbonato tem um forte apelo visual, já que trata-se de um material com espessura mais fina e estética impecável. Em razão da espessura, torna-se mais econômico em relação aos outros, não deixando de ser tão eficiente quanto os demais. Também possui um lado com proteção UV, o que ajuda a prolongar a vida útil da telha. As cores são mais limitadas: apenas branco, cristal e fumê, mas existem dois tipos de telha: com o trapézio alto (industrial H-40) ou baixo(residencial H-18), o que se torna mais uma opção na hora de escolher o visual.

Policarbonato Prismático

Essa chapa é caracterizada por possuir prismas em uma de suas faces. Do outro lado, o policarbonato possui proteção UV, para maior durabilidade. Essa particularidade da chapa permite maior transmissão e difusão da luz em relação as demais, deixando o ambiente muito mais claro com iluminação natural. Justamente por essa característica, essa chapa é disponível na cor branca. Geralmente, os projetos feitos com policarbonato prismático são de domus, mas para coberturas convencionais também é uma ótima opção.

Depois de todas essas #DicasActos vai ficar muito mais fácil escolher o material que melhor se encaixa nas suas demandas e expectativas. Conte com nosso departamento de vendas para esclarecer mais dúvidas e dar todo o apoio necessário na hora da compra de nossos produtos.

Na Actos, você é especial! 😉

Logo - actos

Saiba qual material utilizar para fazer viseiras e barreiras de proteção!

Está com dúvidas sobre qual material utilizar para fazer viseiras e barreiras de proteção?

Esse artigo irá ajudar você!

Existem diversos materiais plásticos que são indicados para esse tipo de projeto. Vamos te ajudar a escolher o melhor produto para confecção de viseiras e barreiras de proteção, que ajudam com a não-propagação do COVID-19. Alguns pontos como durabilidade, instalação, facilidade na limpeza e custo são fatores importantes na hora dessa decisão.

Vamos listar abaixo os materiais mais indicados e suas respectivas características:

– Petg

O PETG é fabricado em diversas espessuras e tem facilidade para ser curvado. Possui excelente qualidade óptica, e por isso, é uma das principais indicações para confecção tanto de viseiras, quanto de barreiras de proteção. Proporciona facilidade na produção já que pode ser dobrado a frio e furado. A indicação é que ele seja cortado com ferramentas circulares. Pode ser limpo com álcool ou com água e sabão neutro, sem danificar o material.

– PS Standard

O PS Standard possui variedade de espessuras, porém, a indicação é que se confeccione barreiras de proteção, utilizando espessuras superiores a 3mm. Esse material não permite curvatura a frio, dificultando a produção de viseiras. É um material promocional, então o custo é mais viável em relação a outras chapas. Pode ser cortado com ferramentas circulares e é recomendado que a limpeza seja feita com água e sabão neutro.

– PVC Semi-Rígido

O PVC Semi – Rígido é fabricado em espessuras até 0,70, por isso, é indicado apenas para viseiras. Possui transparência e flexibilidade. É um material promocional que oferece facilidade no corte e no manuseio, pode ser cortado com estilete. A recomendação de limpeza é que seja com água e sabão neutro, para prolongar a vida útil do produto.

– Policarbonato Compacto

O Policarbonato, assim como o PETG, é fabricado em diversas espessuras e chega a ter espessuras menores, como 0,75, que é o recomendado para viseiras. É extremamente resistente ao impacto e por isso, também é indicado para as barreiras de proteção. Pode ser cortado com ferramentas circulares, e a limpeza pode ser com álcool isopropílico ou com água e sabão neutro.

– Acrílico

Já o Acrílico é fabricado em espessuras maiores (a partir de 2mm), pois isso, a principal indicação também vai para as barreiras de proteção. Versatilidade é uma característica do acrílico: pode ser cortado com router, serra circular e á laser. Caso seja necessário, esse material permite polimento. A recomendação é que seja limpo com água e sabão, e nunca com álcool. Por ser um material nobre, ele possui uma ótima durabilidade.

É importante, mesmo após o ápice da pandemia, que continuemos mantendo os devidos cuidados e proteções recomendados pelo Ministério da Saúde.

Na Actos você encontra chapas de PETG, PS,  PVC, Policarbonato e Acrílico e ainda possui uma equipe de vendas qualificada e a sua disposição para sanar qualquer dúvida. Consulte-nos!