Chapa de Alumínio Composto Posts

8 principais benefícios das chapas de alumínio composto (ACM)

8 principais benefícios das chapas de alumínio composto (ACM)

O painel de alumínio composto ou ACM ganhou espaço no mercado, pois tem reconhecida a sua alta durabilidade, a leveza e a versatilidade.

As chapas de ACM são formadas por uma camada de polietileno de baixa densidade, revestida de metal em ambas as faces e com espessura padronizada de 3 mm, é muito eficiente para a aplicação em fachadas de casas, prédios residenciais e comerciais, shoppings, estádios, aeroportos, indústrias e muitas outras.

Para uma arquitetura criativa, os painéis de ACM podem receber uma variedade de acabamentos através da pintura a base de poliéster, que ajuda a aumentar a garantia de durabilidade do material, além de promover outros benefícios.

A pintura a base de poliéster, que é a mesma base utilizada para pintura de automóveis, além de viabilizar acabamentos finos que simulam metais, aço escovado prata e ouro, madeira mono e imbuia, e os acabamentos brilhantes, ainda permite que as chapas possam ser lavadas e aplicadas em áreas internas ou externas.

Os benefícios das placas de ACM não param por aqui, pois elas são flexíveis e podem ser dobradas ou curvadas e o fato de a aplicação ocorrer com os painéis previamente pintados, agiliza e muito o prazo de execução do projeto.

No caso de aplicação das chapas de ACM ou alumínio composto em elevadores resulta acréscimo discreto à tara de carga da cabine, bem menor que o de chapas de aço. Do mesmo modo, divisórias fabricadas com painéis de alumínio resultam bem mais leves que as similares em madeira ou composite, com redução de custos de transporte e mobilidade.

Benefícios das chapas de alumínio composto

  • Alta durabilidade;
  • Leveza;
  • Proteção térmica e acústica;
  • Facilidade de limpeza e manutenção;
  • Variedade de cores;
  • Pode ser dobrado ou curvado;
  • Pintura resistente e durável;
  • Protege a parede externa da poluição;

Aqui em nosso blog você também encontra um artigo completo sobre a flexibilidade e bom gosto na aplicação do ACM.

Na Actos você entra chapas de alumínio composto em diversas cores e medidas para se adequarem muito bem aos seus projetos. Fale com nossa equipe de vendas.


Aproveite e confira em nosso Canal no YouTube: 
Quanta Fita Dupla Face Vai no ACM?


 

Saiba um pouco mais sobre chapas metálicas e suas aplicações

Saiba um pouco mais sobre chapas metálicas e suas aplicações

As chapas metálicas são produzidas através da conformação de metais, processo mecânico onde se obtém peças através da compressão de metais sólidos em moldes, também conhecido como estampagem.

Elas podem ser fabricadas em aço, alumínio, cobre, magnésio, titânio, entre outros materiais.

Na indústria, as chapas metálicas são muito utilizadas na fabricação de carros, caminhões, aeronaves e em muitas outras máquinas de mobilidade, além de máquinas agrícolas e etc. Na construção civil, as chapas são especialmente utilizadas para revestimento.

De grande utilidade e importância, a chapa metálica é uma matéria-prima que pode ser cortada, dobrada e conformada em várias formas.

Sua espessura pode variar bastante, sendo que, a partir de 12,5mm são consideradas placas e quando muito finas, são chamadas de folhas, iguais a essas folhas de alumínio domésticas.

De alto módulo de elasticidade, aliado a alta tensão de escoamento, as peças produzidas por chapas metálicas apresentam boa rigidez e boa relação resistência X peso.

As chapas são classificadas em finas e grossas e são utilizadas na fabricação de produtos não planos, através de operações de corte, soldagem e dobramento.

Na espessura fina, as chapas podem ser laminadas a frio ou a quente, variando de 0,3 a 5,0 mm, sendo as laminadas a frio muito usadas na fabricação de elementos construtivos como calhas, rufos, esquadrias, dobradiças, portas e batentes. Já as laminadas a quente são utilizadas na fabricação de perfis dobrados para estruturas leves ou vigas de tapamento.

Existem também as chapas zincadas, que são chapas de aço revestidas com zinco, muito usadas na fabricação de telhas para coberturas, calhas, rufos, caixilhos, dutos de ar condicionado e divisórias.

Por fim, existem as chapas de alumínio e as chapas de alumínio compostas (ACM). Essas já conquistaram espaço no mercado de revestimentos tanto na arquitetura como na construção civil.

Conheça abaixo dois tipos de chapas metálicas

  • Chapa de Alumínio Composto As chapas de alumínio composto são criadas ao utilizar um núcleo de polietileno, um adesivo para unir as duas placas de alumínio. Esta composição garante uma chapa leve e durável, mas que consiga ser forte e resistente. Esta vantagem estrutural é devida ao núcleo termoplástico de pouca densidade e grande nível de qualidade. Elas são leves, flexíveis e resistentes. São amplamente utilizadas pela construção civil, principalmente em grandes projetos arquitetônicos, em projetos neoclássicos, modernos ou contemporâneos. Mais comumente vistas em divisórias, elevadores, luminosos, postos de gasolina, quiosques, revestindo edifícios ou em sinalizações comerciais e industriais.
  • Chapa de Alumínio Alurevest – O Alurevest, lançada no Brasil em 2001, é uma chapa 100% em alumínio maciço e predecessora da Chapa de Alumínio Composto. Esta chapa é fabricada em liga de alumínio 3105 Têmpera H46, possui pintura em Poliéster, nas cores sólidas ou metalizadas. As chapas de Alurevest oferecem forte apelo visual devido a beleza e modernidade do material, são versáteis e leves (o que diminui a sobrecarga nas estruturas e facilita o manuseio na obra) e de fácil conformabilidade (pode ser dobrada ou curvada com facilidade), é um material incombustível e reciclável. São facilmente vistos na forma de divisórias, forros, revestimentos internos e externos, revestimentos de vigas e pilares, e também usados para sinalizações comerciais e industriais.