Chapa de ACM Posts

Saiba um pouco mais sobre chapas metálicas e suas aplicações

Saiba um pouco mais sobre chapas metálicas e suas aplicações

As chapas metálicas são produzidas através da conformação de metais, processo mecânico onde se obtém peças através da compressão de metais sólidos em moldes, também conhecido como estampagem.

Elas podem ser fabricadas em aço, alumínio, cobre, magnésio, titânio, entre outros materiais.

Na indústria, as chapas metálicas são muito utilizadas na fabricação de carros, caminhões, aeronaves e em muitas outras máquinas de mobilidade, além de máquinas agrícolas e etc. Na construção civil, as chapas são especialmente utilizadas para revestimento.

De grande utilidade e importância, a chapa metálica é uma matéria-prima que pode ser cortada, dobrada e conformada em várias formas.

Sua espessura pode variar bastante, sendo que, a partir de 12,5mm são consideradas placas e quando muito finas, são chamadas de folhas, iguais a essas folhas de alumínio domésticas.

De alto módulo de elasticidade, aliado a alta tensão de escoamento, as peças produzidas por chapas metálicas apresentam boa rigidez e boa relação resistência X peso.

As chapas são classificadas em finas e grossas e são utilizadas na fabricação de produtos não planos, através de operações de corte, soldagem e dobramento.

Na espessura fina, as chapas podem ser laminadas a frio ou a quente, variando de 0,3 a 5,0 mm, sendo as laminadas a frio muito usadas na fabricação de elementos construtivos como calhas, rufos, esquadrias, dobradiças, portas e batentes. Já as laminadas a quente são utilizadas na fabricação de perfis dobrados para estruturas leves ou vigas de tapamento.

Existem também as chapas zincadas, que são chapas de aço revestidas com zinco, muito usadas na fabricação de telhas para coberturas, calhas, rufos, caixilhos, dutos de ar condicionado e divisórias.

Por fim, existem as chapas de alumínio e as chapas de alumínio compostas (ACM). Essas já conquistaram espaço no mercado de revestimentos tanto na arquitetura como na construção civil.

Conheça abaixo dois tipos de chapas metálicas

  • Chapa de Alumínio Composto As chapas de alumínio composto são criadas ao utilizar um núcleo de polietileno, um adesivo para unir as duas placas de alumínio. Esta composição garante uma chapa leve e durável, mas que consiga ser forte e resistente. Esta vantagem estrutural é devida ao núcleo termoplástico de pouca densidade e grande nível de qualidade. Elas são leves, flexíveis e resistentes. São amplamente utilizadas pela construção civil, principalmente em grandes projetos arquitetônicos, em projetos neoclássicos, modernos ou contemporâneos. Mais comumente vistas em divisórias, elevadores, luminosos, postos de gasolina, quiosques, revestindo edifícios ou em sinalizações comerciais e industriais.
  • Chapa de Alumínio Alurevest – O Alurevest, lançada no Brasil em 2001, é uma chapa 100% em alumínio maciço e predecessora da Chapa de Alumínio Composto. Esta chapa é fabricada em liga de alumínio 3105 Têmpera H46, possui pintura em Poliéster, nas cores sólidas ou metalizadas. As chapas de Alurevest oferecem forte apelo visual devido a beleza e modernidade do material, são versáteis e leves (o que diminui a sobrecarga nas estruturas e facilita o manuseio na obra) e de fácil conformabilidade (pode ser dobrada ou curvada com facilidade), é um material incombustível e reciclável. São facilmente vistos na forma de divisórias, forros, revestimentos internos e externos, revestimentos de vigas e pilares, e também usados para sinalizações comerciais e industriais.

 

Revestimento em ACM, flexibilidade e bom gosto para seus projetos

Revestimento em ACM, flexibilidade e bom gosto para seus projetos

Os painéis de ACM são sem dúvidas, um dos principais materiais que compõem a estética dos grandes centros urbanos. Basta andarmos pelas ruas mais agitadas das grandes cidades para nos depararmos com grandes fachadas de painéis de ACM.

Um material que colabora para compor uma paisagem mais sofisticada e moderna e para ilustrar podemos usar como exemplo, uma grande empresa pública que utiliza este tipo de painel para o revestimento de sua fachada que é a Caixa Econômica Federal. Confira abaixo alguns projetos usando o ACM.

 

Tecnicamente, painéis de ACM são produtos formados da junção de duas placas de alumínios, tendo, em seu núcleo, o termoplástico como material de fixação. Os materiais utilizados na produção acabam contribuindo para a criação de um produto leve e de fácil instalação, gerando, portanto, economia de tempo na hora de aplicá-los nos diversos projetos.

Além disso, são, também, de fáceis conservação, bastando apenas a utilização de material adequado para a sua limpeza, como o detergente neutro e álcool isopropilico.

Flexibilidade para seus projetos 

Na construção civil ou em seus projetos arquitetônicos, a grande vantagem dos painéis de ACM é mesmo a sua flexibilidade. Mas o que isso quer dizer? Simples, se tratam de materiais que podem ser usados em diversas obras e projetos, flexibilizando o seu formato, dimensão, cores e materiais a partir da proposta requerida. Assim, você pode, tranquilamente, adequar ao painel cores, nomes e símbolos relacionados à identidade da instituição, caso seja uma empresa.

Mas não se engane. O painel de ACM também pode ser usado em projetos arquitetônicos relacionados ao âmbito residencial. Há, inclusive, diversos projetos que têm o painel de ACM como base de sofisticação e glamour, principalmente os que envolvem a fachada de recepção de edifícios multifamiliares.

A escolha do tipo especifico de painel de ACM deve ser feita a partir do projeto que deseja executar. Contudo, por se tratar de um material multifuncional, ele pode ser usado para diversas finalidades, que vai do revestimento de simples fachadas à composição de cenário de grandes marcas, independente do ramo atuante.

As vantagens do Painel ACM

São inúmeras as vantagens da aplicação do painel de ACM, como, por exemplo, o revestimento sem ondulação, graças à planicidade do material, garantindo um aspecto estético atraente e sofisticado na fachada. Não há, também, necessidade de manutenção especializada, já que se trata de um produto de fácil conservação e de longa durabilidade.

Além dessas vantagens, há, também, a rigidez do produto, que contribui para resistir às diversas situações geradas pelo meio ambiente, como as altas e as baixas temperaturas, presentes nas estações climáticas. Outro benefício importante é a ampla escolha de acabamentos, que corrobora para ampliar o designer do painel de ACM. Além desses, há várias outros motivos, como excelente resistência termoacustica, a leveza e a possibilidade de ser curvado.